Campinas/SP - Brasil

Av. Dr. José Bonifácio Coutinho Nogueira, 150 – Térreo | Jd. Madalena | 13091-661

(19) 99351-5190

Prospecad Projetos e Treinamentos

Prospecad

O perfil do treinamento universitário é caracterizado por um conteúdo programático menos flexível em exemplos pré-desenvolvidos, utilizando aplicações generalizadas do software em modo overview com enfoque em explanações de contextualização de engenharia, facilitando e complementando aprendizado das faculdades aos alunos e eliminando nesta primeira etapa as particularidades encontradas em projetos. Possui um formato menos consultivo.
O público alvo são estudantes de curso superior de engenharia, estudantes de ensino técnico e projetistas com pouca experiência profissional que pretendem ascender na carreira com foco nas disciplinas oferecidas abaixo.
O pré-requisito é curso superior e tecnólogo incompleto nas áreas de civil, agrimensura, topografia e geodésia, ambiental e afins com conhecimentos básicos em AutoCAD 2D.
Ministramos os cursos de duas formas: presencial (em uma de nossas unidades ou in company) e online (com ótima conexão e estabilidade).

Treinamentos Universitários em AutoCAD Civil 3D

Descrição:

O curso foi programado para os profissionais que pretendem implementar, migrar ou aprender o software para trabalhar com projetos de infraestrutura com dinamismo de uma plataforma BIM

Ementa:

Carga horária:
32 horas

Material didático:
Vídeo-aulas ou apostilas

Certificado:
Certificado de participação

Proposta do Curso:

O aluno aprenderá como desenvolver um exemplo básico de terraplenagem incluindo ruas e quadras a partir de uma planta urbanística, um projeto básico de lançamento de drenagem para um exemplo pequeno de loteamento e principais ferramentas de rodovia e agrimensura, sempre focando em conceitos de cálculos e outros parâmetros.

CONTEÚDO:

Básico:

- Criação do terreno de estudo em 3D usando divesas fontes de dados:

- GPS;

- Levantamentos de pontos no campo;

- Curvas de nível pré existentes;

- Objetos do AutoCAD, como linhas, blocos e polyfaces.

- Controle do espaçamento das curvas de nível mestras e intermediárias;bas1

- Ajustes na triangulação para correção de erros de levantamento e melhoria da qualidade das curvas de nível;

- Inserção de cotas das curvas;

- Visualização da declividade e cota em qualquer ponto, mesmo fora das curvas;

- Geração automática do mapa de declividades e outras classificações ( escoamento, etc.)

- Criação da surface de volume.

- Classificação de elevação e tabela do MDT.

- Análise do escoamento superficial da água de chuva.

- Geração automática do perfil do terreno primitivo por polilinha;

- Criação de taludes, informando declividades de corte e aterro e determinando o formato do platô;

- Cálculo de volume de terra necessário para a construção de platô;

- Cálculo do equilíbrio automático entre corte e aterro;

- Ajustes das declividades e elevações do platô, para ajustes do escoamento.

- Criação de alinhamentos horizontais;

- Ajustes do espaçãmento entre estacas;

- Geração automática do perfil longitudinal e greide de projeto;

- Criação de uma seção tipo bássica;

- Criação do corredor;

- Tabela de volumes e vista de seções;

 

Loteamento:

Utilização de um pequeno projeto urbanístico de loteamento:

- Criando um modelo digital de terreno representativo da limpeza do terreno existente para posterior cálculo de volume

da escavação do mesmo.

- Entendendo o conceito de perfis verticais para vias em eixos centrais e guias e criando os mesmos;

- Entendendo o conceito de escoamento da água pluvial para estudo de terraplenagem e o comportamento da mesma para a sarjetas e outros pontos estratégicos (pontos alto, baixo e escoamento em geral);

- Desenvolvendo diversas seções tipos para composição do arruamento;

- Desenvolvendo um cruzamento utilizando variações das seções transversais gabarito (targets);

- Ensinando o conceito de cul-d-sac e criando o mesmo;

- Modelando corredor;inters_lot

- Criando modelo digital de terreno final composto de terreno natural e terraplenagem, exigido pela GRAPROHAB (curvas de nível modificadas).

- Relatório de volumes de terraplenagem com cálculos e apresentação de elevações;

- Apresentação de um mapa de corte/aterro.
- Explanação do workflow de um projeto completo de loteamento com explanação para entregas em orgaos competentes.

Drenagem Pluvial:

tubos

Utilizando o exemplo com base em planta urbanística:
- Entendendo o conceito de bacias de contribuição e compatibilizando-as com o planejamento do estudo analisando pontos altos, baixos e escoamento;
- Aplicação dos critérios para utilização de dimensões hidráulicas;
- Definindo a lista de estruturas e dispositivos;
- Contextualização de um arquivo personalizável (template) com o grupo de dispositivos;
- Explanação de regras básicas hidráulicas em relação à terraplenagem disponibilizada , conexão entre os bueiros e checagem de medidas para manutenção dos tubos;
- Compreendendo a composição de um sistema de galeria pluvial;
- Fundamentos essenciais para uso de desenhos 2D para entrega em órgãos e modelando os objetos tridimensionais em sinergia;
- Conceitos de captação de volume de água pluvial, lâmina na seção, vazão e demais dados hidráulicos para dimensionamento das bacias de contribuição pelas catchments.
- Desenvolvimento da pipe network composta por dispositivos necessários e pré-customizados;

Rodovia:

rod1

Preparação e utilização de um pequeno exemplo:
- Entendendo base de dados Design Criteria
- Criando alinhamento com curvas compostas (espirais)
- Calculando superelevação com base de dados Design Criteria
- Calculando superlargura
- Desenvolvendo o greide com base de dados Design Criteria
- Criando seção tipo para vicinal (rodovia) com CKB
- Criando corredor com os parâmetros de rodovia
- Gerando relatórios CKB Brasil para alinhamentos e notas de serviço
- Folhas de documentação em planta e perfil
- Explanação do workflow de um projeto completo de vicinal (exemplo usado no curso avançado de estradas)

Agrimensura

pol1

Criando uma base de dados de agrimensura – New Local Survey Data Base.
- Editando parâmetros da base de dados de agrimensura - Survey User Settings - Survey Database Settings.
- Criando/Configurando uma base de dados de equipamentos de agrimensura - Equipament Data Base Manager.
- Criando/Configurando uma base de dados de figuras - Survey Figure - Figure Prefix Database.
- Utilizando Description Key (Chave de Descrição do Ponto) - Description Keys Sets
- Criando/Configurando códigos de ligações automáticas – Edit Linework Code Set.
- Configurando estilos para pontos;
- Criando novo formato de pontos para importação de GPS;
Convertendo levantamentos TOPCON para FBK caderneta de campo (Sistema Colet).
- Criar uma NETWORK.
- Importar FBK (pontos de controle, poligonal e irradiações).
- Criando uma Poligonal (Transverse).
- Editar a Poligonal.
- Aplicando métodos para ajuste de uma poligonal topográfica.

Público Alvo:

Estudantes de curso superior de engenharia, de ensino técnico e projetistas com relativa experiência profissional que pretendem ascender na carreira com foco na disciplina oferecida.

Mercado de trabalho:

INFRAESTRUTURA VIÁRIA URBANA E EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

Pré-Requisitos:

Ferramenta: Possuir conhecimentos de AutoCAD Civil 3D Básico
Conceito: Curso superior e tecnólogo incompleto nas áreas de civil, agrimensura, topografia e geodésia, ambiental e afins.

Instrutor e consultor técnico:

Tiago Garlipp
• Engenheiro Sanitarista Ambiental
• Pós graduando em MBA Gerenciamento de Projetos (FGV) e mestrando em Engenharia Civil área de Transportes (Unicamp)
• Autodesk Certified Specialist – BIM Specilist Road and Highway Solutions
• Autodesk Certified Associate – AutoCAD Civil 3D
• Autodesk Certified Professional – AutoCAD Civil 3D
• Autodesk Expert Elite
• Instrutor ATC Autodesk: ID 33979

fotoau

 

Próximas Turmas

Curso: AUTOCAD CIVIL 3D ESSENCIAL
Início:06-03-2017
Término:09-03-2017

Solicite um Orçamento

Oferecemos um grande portfólio de serviços em treinamentos e consultorias para as áreas de Engenharia civil e sig, Arquitetura, Indústria e CAD.

Solicite um Orçamento